Chega a 40 número de óbitos em decorrência da Influenza no Rio Grande do Sul

Mais duas mortes decorrentes das complicações da gripe A foram registradas no Rio Grande do Sul e chega a 40 o número de vítimas fatais em 2019. De acordo com o último boletim do Centro Estadual de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual da Saúde (SES), foram confirmados óbitos de dois homens.

Uma vítima de 74 anos foi contaminada pelo vírus H3N2. O idoso, com histórico de doença cardiovascular crônica, era morador de Canoas e ainda não se sabe se ele foi vacinado. A morte ocorreu no dia 18 de agosto.

A outra vítima, de 54 anos, tinha problemas cardíacos e renais. O teste clínico confirmou infecção pelo H1N1. O paciente morava em Porto Alegre. Conforme a Secretaria da Saúde, o homem, que morreu no dia 28, não havia se imunizado nesse ano.

Até a semana passada, foram notificados 2.553 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, sendo que 319 desses casos foram confirmados gripe A.

Até o momento, os casos confirmados de Influenza ocorreram em 89 municípios do Estado. A Região Metropolitana registrou 55,1% do total de casos. Destacam-se também os municípios de Canoas (7,8%), seguido por Passo Fundo com 5,3% dos casos positivos para gripe A.

Em comparação ao ano passado, houve redução de 47% no número de casos e diminuição de 58% dos casos de óbitos.

SES/CP

voltar
© Copyright 2019