Com um a mais desde os 3 minutos, Inter vence o Avaí na Ressacada

Em um duelo de equipes com técnicos interinos, o Inter espantou a turbulência e venceu o Avaí por 2 a 0 nesta quinta-feira, na Ressacada, pela 26ª rodada do Brasileirão. Patrick e Sarrafiore marcaram os gols de uma vitória com autoridade – salvo alguns sustos. Mas o lance que mudou o jogo ocorreu bem antes, logo aos três minutos: Wesley foi expulso e deixou o Leão com um a menos durante quase toda a partida.
Na tabela
Com a vitória, o Inter volta ao G-6: ocupa a sexta colocação, com 42 pontos. O Avaí segue no Z-4, na vice-lanterna, com 17 pontos.
Próximos compromissos
As duas equipes voltam a campo no próximo domingo, às 16h, para os duelos da 27ª rodada do Brasileirão. O Avaí enfrenta o São Paulo no Morumbi. O Inter recebe o Vasco no Beira-Rio.
Primeiro tempo
O Inter beirou os 70% de posse de bola, com 12 finalizações e domínio quase total durante todo o primeiro tempo. Mas tudo começou logo aos três minutos, quando Wesley foi expulso após consulta ao VAR por uma entrada dura, de sola, em Bruno Silva.
Com um a mais, o Colorado se impôs ao Avaí e passou a pressionar. Bombardeado, Vladimir fez três grandes defesas, mas não conseguiu evitar o gol de Patrick. Aos 21, o volante aproveitou rebote após cobrança de escanteio e apareceu como um centroavante para abrir o placar. Em vantagem, o Inter até reduziu o ritmo, mas seguiu ameaçando o rival. O Leão só conseguiu levar perigo em finalização de Matheus Barbosa.
Segundo tempo
O Inter voltou a campo com D’Alessandro na vaga de Zeca. Mas a mudança para deixar a equipe mais ofensiva surtiu efeito contrário. Mesmo com um a menos, o Avaí levou perigo em uma cobrança de falta de Lourenço e em cobranças de escanteio. Marcelo Lomba virou protagonista com grandes defesas para salvar o Colorado.
E Sarrafiore decidiu. O garoto entrou em campo aos 38 do segundo tempo. Um minuto mais tarde, anotou um golaço por cobertura e deu números finais à partida.
Enfim a vitória
Sob comando do interino Ricardo Colbachini, o Inter respira com alívio antes da definição de seu novo treinador. A vitória desta quinta-feira encerra uma série de cinco jogos sem vencer pelo Brasileirão. Suficiente para esfriar a turbulência recente e fazer a equipe voltar ao G-6.
VAR e expulsão relâmpago
Wesley mal teve tempo de “sentir” o clima do jogo ou de sujar o uniforme, e já tomava o caminho do vestiário mais cedo. Logo aos três minutos, para ser mais exato. O volante entrou de sola e caertou Bruno Silva em uma dividida no meio-campo. O árbitro Thiago Duarte Peixoto marcou falta de imediato e aplicou o cartão vermelho após rever o lance no VAR. O lance, por óbvio, mudou a história da partida.

Fonte: Globo Esporte

voltar
© Copyright 2019